Autismo: as descobertas recentes que ajudam a derrubar mitos sobre o transtorno

CIPTEA - Carteira de Identificação da pessoa com transtorno do espectro autista
CIPTEA
02/03/2020
Humor com inteligência não precisa ofender deficiência
Humor com inteligência não precisa ofender deficiência
10/04/2020
Autismo: as descobertas recentes que ajudam a derrubar mitos sobre o transtorno

Autismo: as descobertas recentes que ajudam a derrubar mitos sobre o transtorno

Professor de Harvard lista avanços no entendimento do Transtorno do Espectro Autista (TEA) — e explica também onde a ciência ainda tem dificuldade em avançar

Passadas décadas de pesquisas sobre o autismo, cientistas ainda não sabem precisar ao certo o que causa o transtorno, nem chegaram a um consenso sobre as melhores formas de tratá-lo — circunstâncias que costumam deixar pais de crianças do espectro autista inseguros e vulneráveis a armadilhas.

Alguns estudos recentes, porém, trazem novas pistas e ajudam a derrubar mitos comumente relacionados ao Transtorno do Espectro Autista (TEA).

A BBC News Brasil conversou com o pesquisador americano Charles Nelson, professor de Pediatria e Neurociência na Universidade Harvard e responsável por um laboratório do Hospital Infantil de Boston que pesquisa desenvolvimento cognitivo de crianças, inclusive as que estão no espectro autista.

Nelson, que esteve em São Paulo em janeiro para participar em um estudo (ainda em curso) sobre desenvolvimento de crianças em abrigos paulistas, investiga o autismo há 12 anos e explica onde a ciência tem avançado no entendimento do TEA — e onde os avanços têm sido lentos.

O autismo não é um transtorno único, mas sim um espectro de transtornos que podem variar em intensidade e em características, a depender de cada indivíduo. Em geral, essas características se manifestam em dificuldades no convívio social, comportamento repetitivo e, em alguns casos, ansiedade e transtorno de deficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

Estima-se, globalmente, que 1 a cada 58 crianças esteja no Transtorno do Espectro Autista — designação que, desde 2013, é usada para abrigar todos os problemas relacionados ao autismo.

Fonte: Globo - Ciência e Saúde